The Press Room is a communication channel between IBGE and journalists. Here you can follow our releases, contact our press office and access multimedia resources.

Coordenação de Geodésia (CGED)

A Coordenação de Geodésia (CGED) tem como objetivo prover uma infraestrutura geodésica de referência para o georreferenciamento no Brasil, através de um conjunto de informações e serviços associados. Para o cumprimento desse objetivo, e atendendo aos requisitos legais atribuídos ao IBGE, a CGED atua na gestão do Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), no que se refere ao seu estabelecimento, manutenção e acesso. O SGB é constituído por redes de estações geodésicas, ativas e passivas, das componentes planimétrica, altimétrica, maregráfica e gravimétrica, essenciais às demandas de mapeamento, ordenamento da ocupação, implantação e manutenção de estruturas logísticas de transporte, de energia, saneamento e comunicação, monitoramento de mudanças climáticas e da elevação do nível médio do mar.

Coordenação de Cartografia (CCAR)

A Coordenação de Cartografia (CCAR) exerce atividades voltadas para o mapeamento do território brasileiro, com qualidade, precisão, abrangência e densidade compatíveis com as características fisiográficas e demográficas do território. Para o cumprimento desse objetivo, e atendendo aos requisitos legais atribuídos ao IBGE, a CCAR atua na coordenação técnica do Sistema Cartográfico Nacional (SCN), no que se refere à normatização dos produtos cartográficos em escala menores que 1:250.000 e na coprodução de dados cartográficos com a Diretoria do Serviço Geográfico do Exército. Os dados cartográficos componentes do SCN constituem a base cartográfica de referência sobre a qual todas as outras informações produzidas pelo IBGE e outros órgãos do poder público podem ser integradas.

Coordenação de Estruturas Territoriais (CETE)

A Coordenação de Estruturas Territoriais (CETE) exerce atividades voltadas à manutenção e controle das estruturas territoriais institucionalizadas e seus respectivos cadastros e à consolidação das malhas e das bases territoriais para os levantamentos estatísticos. Para o cumprimento desse objetivo, a CETE realiza o acompanhamento da evolução da divisão político-administrativa nos seus diversos recortes territoriais.

Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais (CREN)

A Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais (CREN) exerce atividades voltadas à produção sistemática de dados e informações sobre os recursos, o monitoramento das mudanças do uso e ocupação da terra e a produção de indicadores ambientais e de desenvolvimento sustentável de todo o território nacional. Para o cumprimento desse objetivo, e atendendo aos requisitos legais atribuídos ao IBGE, a CREN realiza levantamentos temáticos sobre geologia, geomorfologia, solos, vegetação, uso e cobertura da terra, recursos hídricos, fauna e flora, bem como estudos referentes ao uso dos recursos naturais e à degradação ambiental, proporcionando assim o conhecimento e monitoramento das interações entre os processos socioeconômicos, naturais e demográficos.

Coordenação de Geografia (CGEO)

A Coordenação de Geografia (CGEO) exerce atividades voltadas aos estudos da dinâmica de ocupação do território, de modo a identificar e compreender os padrões regionais e definir recortes geográficos em diferentes escalas.



Além das atividades de produção de dados e informações geoespaciais, o IBGE, através da DGC, tem papel fundamental na coordenação técnica do Sistema Cartográfico Nacional e na secretaria executiva da Comissão Nacional de Cartografia (CONCAR), órgão colegiado do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Entre as diversas ações da CONCAR, destaca-se a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais (INDE), como grande avanço na estratégia do governo brasileiro para acesso integrado de todos os dados geoespaciais produzidos e disponibilizados pelo governo federal.

A INDE, instituída pelo Decreto Nº 6.666 de 27/11/2008, define-se como um conjunto integrado de tecnologias, políticas, mecanismos e procedimentos de coordenação e monitoramento, padrões e acordos, necessário para facilitar e ordenar a geração, o armazenamento, o acesso, o compartilhamento, a disseminação e o uso dos dados geoespaciais de origem federal, estadual, distrital e municipal.

O IBGE, além de produzir os dados geoespaciais que serão disponibilizados e acessados, exerce a gestão do Diretório Brasileiro de Dados Geoespaciais (DBDG).


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística